domingo, 10 de maio de 2009

Alguns Dados do Perú

Situação geográfica
O Peru tem 1.285.216 Km² de superfície.
Compreende três regiões: costa, serra e selva.
Costa – Possui uma costa de 2.500 Km de longitude, com uma largura máxima de 200 Km a norte e de 40 Km a sul. É na zona sul que há maior concentração de população.
Serra – Os Andes, a cadeia montanhosa mais extensa do mundo, cruza o Peru de norte a sul.
Selva – Esta gigantesca região, frondosa e verde, como nenhuma outra, é a região menos povoada do Peru.

Clima

Encontram-se no Peru
quase todos os climas do mundo.
É curioso como a diferença de relevo pode modificar o clima de uma região.
Clima da zona costeira (Lima, Trujillo) – De Abril a Setembro é a época mais fria. No verão faz calor pelas manhãs e entre o final de Dezembro e Março, o céu apresenta-se limpo. Durante a noite pode arrefecer um pouco, podendo ser necessário o uso de um casaco.
Clima da serra – Há duas estações distintas, marcadas pela presença ou ausência de precipitação. A época das chuvas decorre entre Novembro e Março, com frequentes e fortes aguaceiros de várias horas de duração, especialmente durante a tarde. A altitude e a presença quase constante de nuvens, evita que as temperaturas subam demasiado, apesar de ser verão no hemisfério sul. A época seca caracteriza-se por céu azul durante o dia. As temperaturas mantêm-se suaves enquanto dura o sol, mas há geralmente um arrefecimento ao amanhecer e ao anoitecer.
Clima da selva – Tal como na serra, há também duas estações: uma de Novembro a Maio, em que chove praticamente todos os dias durante várias horas e outra de Junho a Outubro, conhecida como época seca, onde podem ocorrer chuvas fortes mas de curta duração. O clima da selva caracteriza-se essencialmente pela humidade que varia entre 80% e 100%, conforme as estações; e a temperatura, que sofre poucas alterações e cuja média anual ronda os 28ºC

Economia
Actualmente a economia está dominada pelo sector dos serviços, que traz mais da metade do Produto Interno Bruto (PIB) e ocupa igualmente mais de metade da população activa. Segue-se a indústria, as minas e a construção, com um terço da produção e apenas com 15% da população trabalhadora. Em último lugar vem a agricultura e a criação de gado, com pouco mais de 15% do PIB, mas com uma terça parte dos trabalhadores empregados.
População
Com pouco mais de 27 milhões de habitantes (dados de Junho de 2000), o Peru é o sétimo país mais povoado da América.
70% da população concentra-se nas cidades. Em Lima vivem actualmente mais de 8 milhões de pessoas, quer dizer, um terço do total, enquanto que em 1940, quando se realizou o primeiro censo deste século, os habitantes na capital eram apenas 850.000.
Trujillo e Arequipa rondam um milhão de habitantes.
A densidade média da população é de 18 habitantes por Km², embora as diferenças entre as diferentes zonas sejam enormes.
Língua
O castelhano é a língua oficial do Peru e é a língua mãe de mais de 80% da população. 16,5% dos peruanos tem o " Quechua " como primeiro idioma, os restantes habitantes falam outras línguas nativas, como os diversos idiomas utilizados pelos nativos da Selva Amazónica
Religião
Desde a chegada dos espanhóis o Peru, tem sido um país maioritariamente católico. Hoje, 90% da população, segue essa religião, ainda que nos últimos anos se tenha produzido um ligeiríssimo decréscimo no número de fiéis, devido ao aparecimento de outros grupos religiosos, principalmente nas zonas rurais.

Saúde
A água não é aconselhável em nenhuma cidade do Peru. Os peruanos fervem a própria água das fontes ou consomem-na apenas engarrafada. A água pode, contudo, utilizar-se , sem problemas em duches ou lavagem de dentes.
O Soroche ou efeito de altitude, é outro ponto a ter em conta quando se viaja por um país tão acidentado geograficamente, como é o Peru. Em geral as altitudes superiores a 3.000 metros em pessoas que não estão habituadas, pode produzir uma sensação de enjoou e de fraqueza geral, acompanhada de dores de cabeça, como consequência de uma menor concentração de oxigénio na atmosfera. O efeito de altitude pode sentir-se nas zonas de maior altitude do país.


***