quarta-feira, 3 de junho de 2009

A Igreja Perseguida no Mundo


De olho na perseguição
Uma análise da perseguição ao redor do mundo
Em pleno fim de século XX, houve verdadeiros massacres em nome da fé na Indonésia e Nigéria. Mas há muitos outros contextos em que milhares de pessoas têm seus direitos violados e são impedidas, totalmente ou em parte, de praticar sua escolha religiosa com liberdade.
Alguns são perseguidos, torturados e mortos. Outros vivem em constante pressão do governo, da sociedade, da família. São pessoas obrigadas a superar seus limites para continuar vivas, para trabalhar ou ter acesso à escola, para realizar seus cultos sem impedimentos, exercer sua fé sem preocupar-se com a polícia.
A perseguição em regiões diferentes

África 
Há esperança em meio a uma fome devastadora, miséria terrível, conflitos militares e perseguição na Á frica. Essa esperança surge porque talvez esteja acontecendo lá o maior crescimento do cristianismo de que se tem notícia! Portas Abertas está envolvida no treinamento de alguns dos futuros líderes cristãos da África e está dando-lhes as ferramentas que precisam para levar o seu continente a Cristo.

Também queremos ter certeza de que esses novos cristãos têm as Bíblias e outras literaturas cristãs de que precisam para crescer na fé e pregar a Palavra de Deus! 

Ásia 
Mais de 55% da população do mundo vivem na Ásia. Durante anos, há perseguição e o martírio de cristãos nessa região. Apesar disso, a Ásia está passando por um incrível crescimento espiritual. Que grande testemunho do poder da Palavra de Deus! Portas Abertas provê Bíblias e literatura para a Ásia, sempre tendo como alvo as igrejas domésticas clandestinas da China.

Também damos cursos de treinamento extensivo para os líderes da Igreja para equipá-los com um completo conhecimento da Palavra. 

América Latina 
Ao contrário do que mostram os roteiros de viagem, há mais na América Latina do que sol, areia, águas mornas e gente boa. Os cristãos de Cuba, Colômbia, México e do Peru sofrem entre revolucionários, barões da droga e extremistas religiosos.

É por isso que Portas Abertas estabeleceu a Rede Ágape. São pequenas equipes que dão aulas de treinamento, realizam reuniões evangelísticas e organizam centros locais para produzir literatura cristã. 

Mundo Muçulmano 
O Oriente Médio é o berço da Igreja Cristã, ainda que, em algumas regiões, a Igreja quase tenha sido eliminada sob a pressão muçulmana.

A principal prioridade de Portas Abertas no Mundo Muçulmano é treinar uma nova geração de líderes cristãos para fortalecer a Igreja. Estamos também tentando garantir que todos os que queiram um exemplar da Palavra de Deus possam ter uma Bíblia.

Estimativa sobre a perseguição




Entre os que servem a Igreja Perseguida é comum a dificuldade de apurar o escopo e a extensão da perseguição. Um ponto que cria dúvidas é o total de perseguidos.

Internacionalmente, há alguns anos, adotou-se o número de 200 milhões como estimativa do total de cristãos que vivem sob algum nível de hostilidade por sua confissão de fé. A Missão Portas Abertas é um dos ministérios que utilizavam esse número.
Neste início de 2009, após revisar seu procedimento de pesquisa, a Missão optou por um número que acredita representar com mais precisão a quantidade de cristãos perseguidos no mundo. A estimativa é de que o real número situe-se entre 80 e 120 milhões de irmãos. A partir de agora, as publicações da Missão farão menção deste novo dado.
Que ninguém pense que a perseguição tenha diminuído ou que planejemos reduzir nosso empenho junto aos irmãos. Trata-se apenas de um recálculo de potenciais beneficiários de nosso ministério. Finalmente, independente dos números, Deus é o único que conhece a real situação de nossos irmãos e é nele, não nos números, que sempre buscaremos inspiração e direção para continuar servindo cristãos perseguidos.
Estatísticas básicas sobre religião no mundo
De cada 100 pessoas ... 
. 19 são muçulmanos (o islamismo é a religião que cresce mais rápido)
. 18 não têm religião ou são ateus
. 17 são católicos
. 17 são cristãos não-católicos (ortodoxos, anglicanos, protestantes, evangélicos, pentecostais)
. 14 são hindus
. 6 são budistas
Perseguição contra cristãos
. 1 em cada 3 cristãos sofre perseguição
. 1 em cada 10 pessoas é um cristão perseguido.

Classificação de países por perseguição
Os países em que há mais perseguição aos cristãos
Classificação publicada em 3.2.2009
Classificação de países por perseguição
1º semestre 2009
PaísNotaIncerteza
1Coreia do Norte90,50
2Arábia Saudita670
3Irã670
4Afeganistão630
5Somália60,52
6Maldivas600
7Iêmen57,55
8Laos550
9Eritreia557,5
10Uzbequistão54,50
11Butão53,50
12China520
13Paquistão510
14Turcomenistão500
15Comores500
16Iraque490
17Catar480
18Mauritânia480
19Argélia46,50
20Chechênia461,5
21Egito45,50
22Índia450
23Vietnã42,50
24Mianmar41,50
25Líbia410
26Nigéria (Norte)410
27Azerbaijão39,50
28Omã39,56
29Brunei38,51,5
30Sudão (Norte)36,50
31Zanzibar360
32Kuweit360
33Cuba35,50
34Tadjiquistão350
35Emirados Árabes Unidos356
36Sri Lanka34,50
37Jordânia34,50
38Djibuti340
39Turquia330
40Marrocos32,51,5
41Indonésia30,50
42Palestina29,51,5
43Bangladesh290
44Belarus285
45Etiópia285
46Síria280
47Tunísia26,50
48Barein261,5
49Quênia (Nordeste)24,50
50Cazaquistão220
 Perseguição severa
 Opressão
 Limitações severas
 Algumas limitações
 Alguns problemas


Saiba como a Classificação é formada



Portas Abertas criou esta Classificação para acompanhar o grau de intolerância para com os cristãos ao redor do mundo.

Ela é muito útil para manter você sempre alerta em relação aos países mais fechados ao Evangelho e acompanhar aqueles em que a perseguição está se tornando mais intensa.


As colunas da Classificação


• A 1ª coluna apresenta a posição do país na lista. O país em primeiro lugar é aquele cuja situação é pior em termos de perseguição religiosa.




• A  apresenta o nome do país ou região. 




• A  traz a nota final obtida no questionário mais recente. 



• A coluna 'Incerteza' mostra o grau de falta de informação precisa sobre o lugar. Se uma questão é respondida pela opção "Não se sabe/Nenhuma informação disponível", o número máximo de pontos possíveis é atribuído a tal pergunta. Quanto mais pontos, menor a certeza. Isso também significa que a nota somada aos pontos de incerteza é o pior cenário possível para tal país.