sábado, 31 de outubro de 2009

Governo da China já Deportou a mais de 100 Missionarios



Nos últimos meses o governo da China expulsou e deportou mais de 100 missionários cristãos, em uma operação silenciosa, especialmente vindos de países como os Estados Unidos, Canadá, Coréia do Sul, Cingapura, Austrália e Israel. Trata-se mais ostensiva ação do gênero desde 1954.
As expulsões têm ocorrido principalmente em Beijing, Xinjiang, Tibet e Shandong. Só em Xinjiang, mais de 60 trabalhadores cristãos – dentre professores de inglês, homens de negócios e funcionários de organizações humanitárias – foram expulsos, alguns deles já viviam na região há pelo menos 15 anos.
Cerca de 15 casais cristãos vindos dos Estados Unidos foram obrigados a deixarem o país no mês de maio.
No dia 31 de maio, em Linyi (Shandong), um cidadão israelense e outro norte-americano foram presos durante uma reunião de oração com 70 líderes de igrejas domésticas.
Sem contato com a Embaixada
Em Beijing, no dia 1 de julho, três cristãos dos Estados Unidos foram presos e obrigados a deixarem o país sem ao menos poder entrar em contato com a Embaixada norte-americana na China.
O ministro chinês de Relações Exteriores não quis comentar o assunto. Susan Stevenson, porta-voz da Embaixada norte-americana, admitiu a ocorrência de algumas deportações, sem dar mais detalhes.
Ação missionária
Grupos cristãos ao redor do mundo têm divulgado que planejam enviar milhares de voluntários para evangelizar a China.
O governo chinês controla a religião e exige que qualquer atividade seja vinculada às organizações oficiais religiosas, submetidas ao partido comunista. Todo o tipo de atividade religiosa autônoma é punida com prisão.
Oremos pelos missionarios que estão trabalhando com os chineses, a perseguição esta crecendo sim, mas sabemos que Deus é poderoso para fazer uma grande obra e muitos irmãos chineses ainda estão por converterse ao Senhor Jesus, que nossa oração seja para que Jesus levante missionarios autoctones que possam evangelizar e ganhar seu povo pra Jesus.
***