quarta-feira, 3 de março de 2010

Haiti, Testemunhas Depõem a Favor de Missionárias Americanas

PORTO PRÍNCIPE - As testemunhas interrogadas nesta terça-feira, 2, pelo juiz Bernard Saint-Vil intercederam a favor das norte-americanas presas no Haiti por tentarem tirar 33 crianças ilegalmente do país após o terremoto de 12 de janeiro, de acordo com o advogado do grupo, Aviol Fleurant.

"As testemunhas da República Dominicana falaram a favor de Laura Silsby", considerada a líder dos missionários, e de Anne Coulter Chalrisa, disse Fleurant depois da audiência na qual foram interrogados os dominicanos, entre eles um sacerdote e um americano que tiveram contato com as duas mulheres.

O advogado avaliou que o caso tem progressos positivos e afirmou que pediu novamente ao juiz a liberação das missionárias. Fleurant garantiu "que tudo deixa claro que o juiz vai liberá-las", mas não disse quando.


Todos eles haviam sido presos no final de fevereiro, quando tentavam chegar à República Dominicana em um ônibus com os menores para, supostamente, oferecer-lhes uma vida melhor após o tremor que devastou a nação caribenha.


***
Fonte: O Estadão