terça-feira, 27 de julho de 2010

Dilma Rousseff vai buscar votos dos Evangélicos com o argumento de que é Cristã...




A candidata Dilma Rousseff vai visitar pela primeira vez em campanha um templo evangélico. Ela vai participar de uma cerimônia na manhã deste sábado na Assembléia de Deus, em Brasília. A petista, que por um longo tempo negou ter religião, declarou-se católica depois de sofrer de um câncer no sistema linfático. Ela diz que a doença a aproximou da Igreja.

A ex-ministra, inclusive, participou de eventos católicos este ano, como a inauguração da central de multimídia da emissora Canção Nova no início de maio. Agora, ela vai buscar votos dos evangélicos com o argumento de que é “cristã”.

Antes de ser anunciada oficialmente como candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff participou de um evento na Assembléia de Deus, maior denominação evangélica do país. O evento celebrou os 75 anos do pastor e presidente da Assembléia de Deus no bairro do Belenzinho, zona leste de SP, José Wellington Bezerra da Costa.

Em recente pesquisa feita pelo Data Folha, os evangélicos se dizem mais dispostos a optar por José Serra (PSDB) do que por Dilma Rousseff (PT) na corrida presidencial.

A disputa está tecnicamente empatada entre os católicos, que representam 62% do eleitorado. Eles dão 40% das intenções de voto ao tucano e 41% à petista.

De acordo com o Datafolha, Serra aparece 9 pontos percentuais à frente de Dilma entre os fiéis de igrejas pentecostais, que somam 16% dos entrevistados. No segmento, Serra tem 42%, e Dilma, 33%.

A busca por “votos evangélicos” está acirrada, também já havíamos noticiado sobre o Pastor Manoel Ferreira que é líder da CONAMAD e será o coordenador do movimento evangélico da campanha da candidata à Presidência Dilma Rousseff (PT).

***

Postado por Elias Alves - Fonte:Luciano Max®/G1